Água de Pau prepara-se para receber a Festa da Assunção de Nossa Senhora dos Anjos

Igreja-Augua-de-Pau-Envagelizar-religião-Açores-Jornal_lagoa-

Começa esta quarta feira o tríduo preparatório da Festa em honra de Nossa Senhora dos Anjos, em Água de Pau, no concelho da Lagoa, ilha de São Miguel, centrado na Alegria do Evangelho, a partir da Exortação Apostólica do papa Francisco, apurou o Portal da Diocese esta terça feira. 

Entre 6 e 9 de agosto, a comunidade paroquial de Água de Pau, sob a orientação do seu pároco, Pe João Furtado, inicia um conjunto de preparativos para a festa cujo ponto alto tem lugar a 15 de agosto, com a celebração da Missa Solene (12h30) que será presidida pelo Vigário Episcopal para a ilha de São Miguel, Pe Cipriano Pacheco.

A procissão em honra de Nossa Senhora dos Anjos sairá à rua pelas 17h30 e conta com a participação de 11 bandas filarmónicas. 

No dia 16, a Eucaristia (20H00), dedicada aos emigrantes, será presidida pelo Pe António Rego.

Considerada a segunda maior festa de verão da ilha de São Miguel, a festa da Senhora dos Anjos é um evento religioso muito vivido e sentido, não só pelas gentes locais, mas também pelas pessoas de todos os recantos da ilha e do estrangeiro, que aqui comparecem em grande número para cumprirem as suas promessas e fazerem pedidos à Virgem para a obtenção de graças. 

Neste momento, decorrem os trabalhos de iluminação da Igreja, sob a responsabilidade do mestre José Vieira que há 12 anos é o líder desta organização.

A igreja de Nossa Senhora dos Anjos, em Água de Pau, estará este ano iluminada com dezenas de milhares de lâmpadas, que dão cor a alguns motivos, nomeadamente o medalhão que ocupa o frontispício do templo, que já se encontra colocado.

Durante os dias da festa, a vila de Água de Pau enche-se de flores, com floridos tapetes feitos com flores naturais para homenagear a Virgem.

Além da vertente religiosa das festas de Nossa Senhora dos Anjos há uma componente cultural e recreativa, realçando-se aqui o cortejo etnográfico, que já se realiza há oito anos e, que este ano sai para a rua no dia 10 de agosto sob o tema “o provérbio é a minha profissão”.

Este Cortejo envolve também a participação de grupos vizinhos que se juntam à festa, procurando sempre revelar práticas quotidianas ancestrais que ainda hoje se vivenciam nesta comunidade.

Durante a semana que antecede a festa, até dia 15 de agosto, haverá diariamente animação musical com vários grupos convidados desde o folclore à musica rock, sem esquecer os cantares tradicionais e as filarmónicas.

No dia 14 de agosto realiza-se a tradicional Roda de Fogo à meia noite.

DL/Portal da Diocese

Categorias: Sem categoria

Deixe o seu comentário