Açores deixam cair uso obrigatório de máscara

© D. R.

À exceção de quem acede ou permanece em estabelecimentos e serviços de saúde, estruturas residenciais ou de acolhimento ou serviços de apoio domiciliário para populações vulneráveis, pessoas idosas ou pessoas com deficiência, bem como unidades de cuidados continuados integrados da rede regional de cuidados continuados integrados e em transportes coletivos de passageiros, incluindo o transporte aéreo, bem como no transporte de passageiros em táxi ou TVDE, o uso de máscara deixa de ser obrigatório nos Açores a partir de hoje.

A decisão foi tomada pelo governo regional dos Açores, no seguimento do decidido na véspera pelo governo da República, suportada também na situação epidemiológica atual na região, caracterizada no relatório do INSA de 20 de abril por um R(t) de 0,93, a terceira taxa mais baixa do país.

Para além disso, o reduzido número de situações graves de doença verificados nas últimas semanas, sendo que, atualmente, apenas se encontram duas pessoas em UCI e que a tendência das últimas semanas tem sido de um ou dois internados em UCI também contribuíram para a decisão hoje tomada. O levantamento do uso obrigatório de máscara é reforçado pela elevada taxa de vacinação primária completa (91,6%) e de vacinação de reforço (52%) na região.

DL

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário