45 municípios no Encontro Nacional da Rede das Cidades Educadoras na Lagoa

Foto: CML

Encontro que decorreu esta sexta-feira, 28 de fevereiro, no Convento de Santo António, em Santa Cruz, reuniu 123 participantes de 45 municípios de todo o país pertencentes à Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras (RTPCE) para partilhar modelos, projetos e boas práticas educativas. 

A abertura contou com a participação de 29 crianças do Clube de Música da Escola Básica e Integrada de Lagoa que entoaram o hino das Cidades Educadoras. 

No discurso de abertura, a anfitriã, Cristina Calisto sublinhou que “potenciar os valores cívicos e a inovação são a chave”. A Presidente da Câmara de Municipal de Lagoa (CML) diz que é preciso “abrir portas a uma cidadania mais preparada, mais crítica e mais corresponsável, capaz de enfrentar os desafios do século XXI, pois só assim poderemos construir uma verdadeira Cidade Educadora e estaremos a contribuir para a formação de cidadãos verdadeiramente empenhados”.

 A sessão teve como mote o tema “Diversificar aprendizagens – Investir na Educação Não Formal”, através também da divulgação do projeto Pedagógico da CML, de um momento musical com Viola da Terra e de uma visita aos Núcleos do Museu de Lagoa bem como ao Observatório Vulcanológico e Geotérmico dos Açores, na Atalhada. 

Já ontem, 27 de fevereiro, decorreu também no Convento de Santo António, o Encontro Regional da RTPCE onde 21 municípios e 82 participantes, puderam assistir a diversas apresentações, nomeadamente, da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras e das Câmaras Municipais de Angra do Heroísmo, Câmara de Lobos, Ponta Delgada e do Funchal, em torno da temática “Construir uma cidade Educadora”.

Os diversos encontros promovidos pela Rede Nacional de Cidades Educadoras pretendem proclamar e reivindicar o papel basilar da Educação na sociedade, sendo autênticos espaços de formação, partilha de boas práticas e de debate.

DL/CML

Categorias: Local

Deixe o seu comentário